quarta-feira, 21 de abril de 2010

Minha luta e vitoria contra a Síndrome do Pânico!

Caros leitores e amigos, hoje quero relatar mais uma vez uma historia real que aconteceu comigo (Marco Túlio). Como contei no texto “A DEPRESSÃO” VS “A FORÇA DO AMOR DE DEUS”!, já sofri de síndrome do pânico e gostaria de compartilhar com vocês todo o meu tormento e luta contra essa doença terrível que nos faz ter a certeza da morte.


Na época que descobri estar com a síndrome do pânico, já estava passando por uma fase terrível na vida, pois sofria de depressão, não tinha animo pra nada e tudo ocorria por conta de frustrações pessoais, profissionais e amorosas.


Não me esqueço do dia em que sofri minha primeira crise de pânico, pois a sensação foi a pior e mais sufocante que já senti.

Certo dia, por volta das 6 horas da manhã, meu pai veio até meu quarto chamar-me para trabalhar. Chegando próximo a mim, viu que minha respiração estava ofegante e que eu tremia muito, então ele me chamou e eu acordei com um grito: SOCORROOOOO! Meu pai nesse momento se assustou e me perguntou:

O que é isso Túlio, você sonhou com o que?

E eu o respondi: Com nada pai, não me lembro, só não quero levantar daqui, porque estou com muito medo de morrer!


Meu pai em meio a tantas turbulências que já enfrentara comigo durante meses, devido à depressão, se viu numa sinuca de bico, pois não sabia o que estava acontecendo naquele momento, pois eu não conseguia colocar os pés no chão com medo de morrer.

Lembro-me bem a sensação que senti naquele dia, pois dentro de mim algo gritava com muita força que eu iria morrer a qualquer momento e que meu coração ia parar. Sentia-me como se o chão estivesse abrindo à minha frente, e com isso comecei a chorar copiosamente e gritava suplicando ao meu pai por socorro e falava que não queria morrer!


Infelizmente com o passar do tempo as coisas só foram piorando, pois com isso, perdi meu emprego e comecei a ter crises e mais crises de síndrome do pânico. Na maioria das vezes as crises aconteciam em lugares onde tinha certo fluxo de pessoas e nessas horas meu corpo parecia ser tomado por alguma força estranha da qual eu não conseguia mais controlar.

Isso era o mesmo que fobia social, uma forma mais específica da Síndrome do Pânico, e se caracteriza por crises de ansiedade em situações como: reuniões, apresentações, discussões com superiores, assinar algum documento, cheques ou mesmo levantar uma xícara de café em público.

Os sintomas físicos mais comuns são taquicardia, sensação de falta de ar, tremor, fraqueza nas pernas, ondas de frio ou de calor, tontura, sensação de que o ambiente está estranho, que a pessoa "não está lá" (isso se chama desrealização e não tem nada a ver com loucura), sensação de desmaio, infarto, pressão na cabeça, de que vai "ficar louco", que vai engasgar com alimentos, assim como crises noturnas de acordar sobressaltado com o coração disparando e com o corpo todo suado.

Infelizmente a Síndrome do pânico afetou muito a minha vida social e amorosa, pois eu chegava a urinar na cama de medo, não tinha confiança em mim mesmo e achava que todos tinham medo de mim. Certa vez quando estava entrando no cinema, meu coração pareceu parar na garganta e eu não conseguia ver ninguém e sem pensar duas vezes soltei um grande grito no meio da sala onde todos olharam e começaram a rir, pensando que eu fosse algum retardado ou coisa do tipo.


Eu costumo falar que esse tipo de doença é sim capaz de matar pessoas que não tem uma base familiar, que não tem o amor e a atenção de amigos, parentes e principalmente, pessoas que não tem Fé. Tudo isso porque geralmente a família sofre porque não consegue ajudar e sobrecarrega a pessoa, pois a vê passar por cardiologistas, clínicos, neurologistas, gastroenterologistas, otorrinolaringologistas, etc., fazer exames, tomar calmantes, estimulantes.

Então começa a dizer que é “cena”, "frescura", falta de força de vontade, de coragem e começa a dar palpites para você "se ajudar" “se animar" "reagir" e etc., como se você não soubesse de tudo isso.

A pessoa que mais sofreu e compartilhou dessa doença terrível ao meu lado foi o meu herói, a pessoa na qual eu me espelho e que sigo cada conselho de vida, que é o meu maravilhoso PAI, pois ele no inicio me levava até o trabalho com muita dificuldade e quando chegávamos, eu não conseguia descer do carro e me agarrava em seu braço e gritava pelo amor de Deus para que ele não me deixasse ali sozinho com aquelas pessoas.

Por varias vezes pude ver as lagrimas escorrerem em silencio pelo rosto abatido e preocupado do meu Pai, mais ele sempre encarou tudo comigo e nunca me deixou sozinho.




O que passei nesse tempo é algo que não desejo nunca pra ninguém, pois você pensar o tempo todo que vai morrer, que é o seu último dia de vida, você chegar a urinar nas calças de medo, chegar a gritar em um ambiente onde você acha que está sozinho, mas que na realidade o lugar está cheio de pessoas! Tudo isso eu passei, e nesse tempo fui humilhado por pessoas ruins, fui motivo de chacota entre os que se acham “fortes”, “intocáveis” e o pior, já chegaram a falar que isso era falta do que fazer, por excesso de mimo que tinha dos meus pais desde pequeno.
Mesmo assim não desejo que essas pessoas passem pela metade que passei, pois desconfio que as mesmas não agüentariam a metade.

Pois Sofrer de Pânico não tem nada a ver com personalidade forte ou fraca, com a pessoa ser ou não corajosa.

Hoje, GRAÇAS A DEUS, posso dizer que me curei dessa doença, desse mau terrível, graças a minha família e principalmente a minha FÉ em DEUS, pois isso nunca morreu dentro de mim e tenho a certeza que graças a isso eu nunca em nenhuma hipótese deixei de ser realmente o Marco Túlio. Aquele que nunca pensou em usar drogas, nunca bebeu nenhuma bebida alcoólica e nunca perdeu as esperanças que no fim tudo ia voltar a ser como era antes.


Eu falo isso porque muitas pessoas por fraquezas e por estarem mau psicologicamente se entregam as drogas e bebidas, ou se tornam pessoas totalmente diferentes por conta dessa doença.

Agradeço infinitamente a DEUS, minha Família (principalmente meu Pai), amigos e agradeço também a todos que de alguma forma ajudaram com orações e pensamentos positivos. Agradeço também a vocês por me dar a oportunidade de compartilhar tudo isso com vocês leitores e amigos, confesso estar muito emocionado nesse momento por relembrar uma das maiores dificuldades e tormentas que passei na minha vida.


Deixo vocês com uma linda frase e três vídeos lindos da banda Rosa de Saron, que na época foi uma banda presente na minha vida por suas canções sempre fortes e que tocam o coração de quem se sente realmente amado e confortado nos braços do Senhor.

È muito importante ver os vídeos, pois só assim vocês vão entender a intensidade que uma musica pode causar no coração de alguém.

“Se a fé em Deus for verdadeira haverá sempre certeza de vitória no coração.”









Abraços e fiquem com Deus.

25 comentários:

Fael Lima disse... [Reply to comment]

Mais uma vez foi um prazer poder colaborar com o blog. Tenho aprendido muito com o Túlio e tenho a certeza que essa mensagem chegará a muitos corações.
Abraço Túlio.

Anônimo disse... [Reply to comment]

Poder de Superação!
Parabéns!
Temos que lembrar que ninguém tem teto de vidro!

Rita de Cássia disse... [Reply to comment]

Túlio, sou Psicóloga e já tive cliente com Síndrome de Pânico que fez tratamento comigo e com a supervisão do Psiquiatra, que geralmente, entra com um antidepresivo.
Lamento, todo o seu sofrimento, e que ele seja esclarecedor, que a famosa "Síndrome de Pânico! tem tratamento e não é considerada nenhuma loucura, apenas mais uma reação psicológica ao forte stress cotidiano que vivemos.
Muito bom ter uma base religiosa também que fortalece o sujeito.
Abs

> . > Guh <. disse... [Reply to comment]

Belo textoo fera....mais uma vez...
tocando o coração de todos, com uma demonstração de superação, força e fé em Deus. Parabens aew
tamo ae sempre !! abrax

Luíz Felipe Cayres Vieira disse... [Reply to comment]

Muito bom Tulio! Força e confiança em Deus pra superar esses momentos!

Talita disse... [Reply to comment]

Eii Tulio, saiba que já te adimiro muio, pela Fé que você tem e pela força de vontade que você tem em dá a volta pro cima.!=D
Te adoro amigo! =**

André Atleticano disse... [Reply to comment]

Grande Túlio, muitas das coisas que você disse que sentia também me acompanhou por algum tempo, mas graças a Deus consegui sair disso sem ajuda de medicamentos, consegui sair com a ajuda do Médico... do Médico dos Médicos... Jesus

Abraços

Ana * Mineira disse... [Reply to comment]

Tulio,
ótimo post e de muita valia; tanto a quem tem teve ou conhece alguem q teve
SDP. Vc ilustrou muito bem, mesclando as imagens, vídeos e descrevendo
o que sentiu, como tudo ocorreu com vc e PRINCIPALMENTE
mais palavras de otimismo e força do que de pessimismo, tristeza e desesperança de quem tem.
parabés por ter passado por cima disso pois não é fácil não!
E uma coisa é fato, isso atinge na maioria, a pessoas mais puras, sensiveis e sonhadoras.
E essas, nem sempre conseguem obter forças necessárias pra lutar.
Só Deus mesmo!!!
Pra finalizar, tenho um amigo de BH, o Sidney ( vou mandar isso a ele)
que teve por mais de 10 anos, e a duras penas tb se livrou dessa
mazela. Ainda bem!

Por fim, um bom abrço pra vc.
Sds alvinegras e força sempre!

ps:sou mto prolixa, desculpa por me estender demais...

Rosana disse... [Reply to comment]

Dupla perfeita: o Blog com seus textos baseados na história de vida do Tulinho e os comentários da Rita de Cássia... Parabéns a vocês que têm esse dom cujo valor é imensurável - o de ajudar outras pessoas e mudar suas vidas. E que Deus te abençoe, Túlio, e te faça ser mais forte a cada dia.

Anônimo disse... [Reply to comment]

Meu brother! Não imaginava que uma pessoa alegre e alto astral como você pudesse ter passado por momentos difíceis com este. Você é um vencedor, cara! E nasceu para servir de exemplo para muitas pessoas arrogantes. Parabéns! Grande abraço! Thiago Fontoura.

Espaço CAM disse... [Reply to comment]

Ae tulio, mais um texto emocionante hein, to aprendendo muito aki com seus textos(suas mensagens), e te agradeço por isso.
Parabéns e Obrigado

rafael disse... [Reply to comment]

Só Deus pode reverter uma situação como essa, realmente ele tem um propósito para sua vida Túlio, continue firme com ele meu camarada, Ele é nossa força e refúgio!

Nadege disse... [Reply to comment]

Túlio, te admiro d+... a cada texto vejo que vc tem muita fé pra ter superado tudo... Emocionante o texto!
bjo

Lelé disse... [Reply to comment]

Mais um relato emocionante amigo! Parabéns! acho importante esses relatos e desabafos. Parabéns por vc conseguir contar com a cabeça levantada que conseguiu passar por tudo isso! Parabéns a seu pai um homem corajoso e amigo de verdade que foi seu braço direito durante esse tempo dificil! Lequimdoidao

Flávio Mangerotti Soares disse... [Reply to comment]

Túlio, eu também estive doente, com crises de Stress, e realmente nestas horas é que damos valor à nossa boa saúde e sentimos a dor que é quando perdemos esta condição de saúde.

Devemos sempre ser gratos por ter saúde porque ninguém está livre de adoecer.

no mais Fé em Deus porque Ele é Fiel!!!

Abraços!

Fernanda disse... [Reply to comment]

Tulio... a cada dia que passa me surpreendo com você.
O melhor é que um texto completa o outro....aquele do amor tem tudo a ver com esse porque foi o amor da sua familia que fez vc superar isso tudo....
Meu bem, Parabéns mais uma vez...
Beijos

Victor Valeriano disse... [Reply to comment]

Fala Tulio!
Mais uma vez destaco sua coragem de estar contando uma coisa tão íntima de sua pessoa. Muitas pessoas deveriam ler este post, com certeza iam mudar muitas opiniões a cerca da vida.
Parabéns pela sua superação meu amigo.
Um abraço.

Erodiana disse... [Reply to comment]

Como alguém disse em um comentário acima, são importantes esclarecimentos para quem sofre e para quem conhece alguém que sofre deste mal.
Saber q existe saída pode ser a força q alguém precisa para continuar. Saber q não é frescura pode dar a força a alguém pra ajudar sem preconceito.
Para aqueles q precisam desta força, Deus é fonte inesgotável.

PS: Apaixonei pela primeira música =)

Anônimo disse... [Reply to comment]

Nossa que blog incrivel, sensacional, me emocionei com o texto e digo que voce é um anjo de Deus, vc n sabe o quanto isso ajuda as pessoas!
Não pare de escrever e continue sempre nesse caminho, pois vc será recompensado .
Nunca vi um talento desses , e uma sensibilidade com as palavras.
Fiel leitora

Viviane Rosa disse... [Reply to comment]

A nossa vida tem mais valor quando olhamos pro lado e vemos que podemos fazer algo pra mudar a vida de outras pessoas,a dor que as vezes nos faz sofrer mostra o peso de nossa cruz,mas não podemos esquecer que quando as luzes se apagam o céu acende suas estrelas.

Patricia Mondego disse... [Reply to comment]

Eu sofro de sindrome do pânico, segundo a minha mãe. sofro muito, todo dia. trabalho longe de casa e todo dia quando vou pegar o trem, parece que eu vou cair na linha, quando ele esta vindo, e as vezes andando na rua, sinto um vento gelado, vindo me buscar, eu tenhoo certeza q eu vou morrer, eu nao imagino progresopra mim, nem me imagino viva daqui uns 5 anos, nao vejo motivos pra sair de casa pra trabalhar, vou sair pra que? trabalhar se um dia desses eu posso morrer, e nao vou ter nada mesmo. sinto pelo meu filho, queria tanto ver ele adolescente e depois adulto, amo muito ele, mas minha vida ja foi muito comprida, e ja vivi dimais, nao quero mais, tenho taquicardia qse todo dia, espero que eu me cure disso, sendo o que for, doença, ou loucura, porque isso pode realmente me matar, nem sei o que sinto, se desejo viver,ou morrer de vez

Marco Túlio disse... [Reply to comment]

Patrcia Mondego, espero que vc veja essa comentario aqui, e por favor entre em contato comigo pelo e-mail do blog! quero muito te ajudar, o e-mail do blog esta no canto esquerdo na parte superior .
Nunca desiste , jamais , pense no seu filho e pense em vc tb ! Muito obrigado por revelar seu problema aqui no blog, aguardo o seu retorno
Abraços Marco Tulio

Anônimo disse... [Reply to comment]

Poxa Tulio ... Sempre me surpreendo .. Engraçado .. sempre que estou em uma fase deprimente em minha vida , parece ser uma luz divina que me manda ate o seu blog , venho aqui leio os seus textos e tenho a certeza que vale a pena viver , vale a pena lutar pela nossa vida ! Ultimamente não me encontro em uma boa fase da minha vida , ando meio depressiva sem vontadee de viver , vivo chorando as veses ate sem motivos tenho sensaçoes de que não tenho ninguém ao meu lado , chego a pensar em desistir da vida , mudo de humor facilmente , brigo com as pessoas sem motivos tenho crises de falta de ar por ansiedade .. Tenho medo de estar ficando depressiva .. Isso aconteceu desde o termino de meu namoro , ele era meu porto seguro contava com ele pra tudo alem de namorado era meu unico amigo , desde então não tenho ninguém com quem contar meus problemas minhas frustaçoes , então guardo pra mim mesma ! Parabéns Tulio !

Marco Túlio disse... [Reply to comment]

Fico realmente emocionado em receber um comentario como esse do meu blog! Infelizmente n sei quem é a pessoa q comentou, mais saiba que estarei sempre aqui , pronto pra ajudar no q precisar!
Caso queira entrar em contato comigo , mande um e-mail para o e-mail do blog que esta na parte superior esquerda da pagina.
E só tenho a agradecer pelo reconhecimento, e prometo escrever mais e mais , pois são vcs leitores q me dão força pra seguir nessa caminhada.
Abraços e fiquem com Deus
Marco Tulio(o blogueiro )

Anônimo disse... [Reply to comment]

Ola a todos estou estou passando por estes momentos como vc passou amigo...
estava entrando em crise quando comecei a ler.
mas no decorrer da historia fui me acalmando e aliviou meu pensar.
é triste demais mesmo, as veses tento disfarçar mas derrepente sou arrebatado por sentimentos...
estou na luta junto com Deus...
mas o interessante de passar por isso, é que enchergo mais de perto as maravilhas das pequenas coisas que antes não via.
Que Deus ilumine o caminho de todos que sofrem com isso pois so quem passou sabe.
abraço...
obs: tambem sou um Fã do Rosa de Saron...

Postar um comentário

Navegando meu barco © 2008 Template by:
SkinCorner